Blitz Amazônico
CidadaniaCidadaniaPrefeitura de Manaus

Profissionais de Saúde da Prefeitura de Manaus participam de programação do Outubro Rosa e Verde

Profissionais que atuam no Complexo de Saúde Oeste, da Prefeitura de Manaus, participaram nesta quinta-feira, 20/10, da programação do “Outubro Rosa”, de prevenção ao câncer de mama e ao câncer do colo do útero, e do “Outubro Verde”, de prevenção e controle da sífilis.


Localizado no conjunto Santos Dumont, bairro da Paz, zona Oeste, o complexo reúne profissionais da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) que atuam nas sedes administrativas dos Distritos de Saúde (Disas) Oeste e Rural, no Conselho Municipal de Saúde (CMS), nos departamentos de Vigilância Ambiental, Epidemiológica, Zoonoses e da Saúde do Trabalhador (DVAE) e no Centro de Especialidade Odontológica (CEO) Oeste.

Segundo a gerente de Atenção à Saúde do Disa Rural, Janiete Barbosa, a programação marcou o Dia “D” do Outubro Rosa e Verde, promovido pelo Disa Rural e Disa Oeste, para incentivar o cuidado físico, mental e social das mulheres, com a promoção de palestras educativas e também com a oferta de serviços de estética, curso de automaquiagem, limpeza facial, reflexologia e massagem.

“O objetivo foi incentivar o autocuidado e promover a valorização dessas mulheres. Organizamos esse evento pensando na mulher que trabalha todos os dias para combater as doenças nos serviços de saúde. Essa mulher também precisa ser orientada, tratada, cuidada e valorizada enquanto pessoa, para que busque a prevenção das doenças e a promoção da saúde e, assim, possa também passar para a população a necessidade do autocuidado”, explicou Janiete.
Durante o evento, um dos palestrantes, o médico mastologista Agnaldo Barroso dos Santos, declarou que ações desenvolvidas no Outubro Rosa ajudam a reforçar as informações para a prevenção ao câncer de mama e do colo do útero, alertando para a gravidade da doença.

“As ações aumentam a preocupação das mulheres com a saúde. Muitas acham que não precisam, mas, quando elas chegam a um evento como esse, começam a ficar mais alertas, param um pouco, saem da rotina, ouvem sobre a doença e procuram um serviço de saúde”, afirmou Barroso, que atua como médico ginecologista na Unidade Básica de Saúde (UBS) Ajuricaba.

O médico alertou ainda sobre a importância do diagnóstico precoce, que tem impacto no tratamento e nas chances de cura.
“Em alguns casos, a pessoa encontra um nódulo na mama, mas acha que é bobagem e não procura logo um atendimento, perdendo tempo de tratamento. E o câncer de mama quando descoberto cedo é tratável e totalmente curável. Então, é importante que a mulher tenha um cuidado como um todo, realizando o exame da mama e o preventivo, e não tenha vergonha de procurar atendimento, porque é muito mais difícil tratar um câncer quando é diagnosticado tardiamente”, destacou Agnaldo Barroso.
O diretor do Disa Rural, Rubens dos Santos, lembrou que todas as Unidades de Saúde estão intensificando as ações durante o mês de outubro, mas o trabalho de prevenção de doenças é realizado na rotina de atendimento na rede municipal de saúde, tanto na zona Urbana, quanto na zona Rural de Manaus.

“O Disa Rural tem equipes de saúde que realizam atendimento nas comunidades ribeirinhas nos rios Negro e Amazonas, além das comunidades localizadas nas rodovias AM–010 e BR–174, levando informação para a prevenção de doenças e promoção da saúde. Nessas áreas rurais, chegando até a comunidade ribeirinha do Apuaú, distante 170 quilômetros de Manaus, a população também é orientada durante as visitas domiciliares feitas por agentes comunitários de saúde e nas consultas de enfermagem e médica, quando é feita a detecção de casos suspeitos das doenças”, explicou o diretor.
Participando da programação no Complexo de Saúde Oeste, a diretora do Disa Oeste, Socorro Furtado, destacou ainda que o câncer de mama e câncer do colo do útero também têm impacto em toda a família da mulher que recebe o diagnóstico.

“A gente entende que a mulher é a base que fundamenta a casa e fortalece a família. Uma vez doente, abala toda a família e a estrutura da casa, e também por isso é essencial ter esse olhar de autocuidado para buscar sempre a prevenção e o diagnóstico precoce”, ressaltou Socorro.

A técnica responsável pelas ações de controle das Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs/Aids) e Hepatites Virais do Disa Oeste, enfermeira Amanda Picanço Lima, reforçou a importância de sensibilizar os profissionais de saúde sobre a prevenção da sífilis, que é uma IST e pode ser transmitida da mãe para o bebê durante a gestação.
“As equipes das Unidades de Saúde e da Estratégia Saúde da Família estão reforçando as ações de prevenção durante todo o mês de outubro, direcionada para a população em geral. Mas, sentimos a necessidade também de sensibilizar os nossos funcionários sobre o autocuidado, integrando as ações. É uma maneira de aumentar a visibilidade das formas de prevenção das doenças e de que é essencial manter o alerta sempre para cuidar da saúde”, destacou Amanda.

Post Relacionado

‘Asfalta Manaus’ da prefeitura avança para segunda etapa do recapeamento no conjunto dos Jornalistas

victoria Farias

Prefeitura entrega cheques aos ganhadores de mais um sorteio da campanha ‘Nota Premiada Manaus’

Patrick

Prefeitura de Manaus libera lotes para beneficiários do programa Leite do Meu Filho

blitzamazonico