Blitz Amazônico
CidadaniaCidadaniaPrefeitura de Manaus

Prefeitura de Manaus conclui obras no trecho interditado na avenida 7 de setembro e via é liberada

A Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf), finaliza as obras do trecho por onde passa uma antiga galeria dos ingleses do século 19, que estava interditado na avenida 7 de Setembro, no Centro, zona Sul, e libera a via para o tráfego de veículos nesta quinta-feira, 20/10.


No último mês de abril, o trecho cedeu no período da cheia do rio Negro, provocando a abertura de uma cratera na via.

O fiscal da obra, engenheiro Roger Fonseca, acompanhou a conclusão dos serviços e explicou o passo a passo dos trabalhos que foram realizados durante a obra.
“O problema aconteceu no mês de abril, as nossas equipes estiverem no local, fizeram o isolamento necessário para obstruir a passagem de veículos e pedestre no local como forma preventiva para evitar qualquer tipo de acidente, e aguardamos o nível do rio baixar, pois a cratera que estava aberta se encontrava com um grande volume de água, em consequência da cheia do rio, e quando o rio começou a secar, as equipes da Seminf puderam executar os serviços de forma emergencial, finalizando em um prazo de 28 dias, solucionando todo o problema como determina o nosso prefeito David e o secretário de Obras Renato Júnior”, concluiu Roger.
As equipes da Seminf trabalharam a todo o vapor implantado 12 metros de aduelas em concreto armado substituindo a antiga rede de drenagem, com o objetivo de operar com qualidade a vazão correta das águas, por um período de tempo mais duradouro. Depois da substituição da nova rede, as equipes avançaram nas obras das calçadas que foram danificadas, refazendo o meio-fio e a sarjeta.

Nesta quinta-feira, uma média de 25 servidores concluíram os serviços com o asfalto em todo o trecho que estava interditado. A comerciante da loja Afa Tecidos, Ana Maria, 62, comemora o fechamento da cratera e agradeceu toda a equipe da Prefeitura de Manaus.

“Eu trabalho há mais de 30 anos neste comércio, e hoje posso dizer que é um dia muito feliz para todos nós. Estou muito satisfeita com o serviço de todos da prefeitura, na pessoa do prefeito David Almeida, que cumpriu com a palavra dele, e o secretário de Obras, que está de parabéns, todos nós estamos ansiosos aguardando pela liberação da via”, celebrou Ana.
Etapas das obras

Na primeira fase das obras, as equipes trabalharam com o isolamento da área e na identificação do fundo da galeria, onde houve uma obstrução que causou o afundamento do trecho. Além do nível do rio, entre os motivos de atraso da obra também estão a grande quantidade de lixo acumulado nas galerias e as ligações irregulares.

As equipes da Prefeitura de Manaus trabalharam com um efetivo de 60 servidores intercalados por turnos, utilizando caçambas, tratores e escavadeiras hidráulicas, retirando o antigo material e aterrando a área de forma segura. Em todo o trecho foram implantadas novas aduelas em concreto armado, substituindo a antiga rede de drenagem, para operar com qualidade a vazão correta das águas, por um longo período de tempo.

A meta está sendo concluída com êxito, os trabalhos foram realizados de forma bem cautelosa e com as novas aduelas, que garante que não haja problemas de entupimentos e quebra das tubulações, especialmente no período de cheia dos rios.

Fotos – Márcio Melo / Seminf

Post Relacionado

Lei de Roberto Cidade obriga unidades de saúde a notificarem sobre o uso de álcool e drogas por crianças e adolescentes

Redação

Congresso volta a analisar vetos sobre a privatização da Eletrobras

Redator

AMAZONINO LANÇA PRÉ-CANDIDATURA NESTE SÁBADO

Redação