Blitz Amazônico
CidadaniaCidadaniaPrefeitura de Manaus

Alunas da Prefeitura de Manaus são Ouro na Olimpíada Nacional de Ciências

Como prometido, alunas da Prefeitura de Manaus, da escola municipal Antônia Pereira, no bairro Santa Etelvina, zona Norte da cidade, conquistaram as medalhas de Ouro, Prata e Bronze na Olimpíada de Ciências (ONC). Promovida pelo Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), a ONC tem o objetivo de despertar e estimular o interesse pelo estudo de Ciências Naturais dos estudantes brasileiros, do 6º ao 9º ano do ensino fundamental e ensino médio. Nesta edição, foram mais de 3 milhões de estudantes inscritos em todo o Brasil.


O resultado da competição saiu no último dia 17, pelo portal da própria Olimpíada. A prova aconteceu nos dias 9 e 10 de setembro, com duração de duas horas, contendo 10 questões discursivas, com temáticas de Astronomia, Biologia, Física, História e Química.

Bruna Freitas, 15, do 9º ano e Karolina Romão, 14, 8º ano, conquistaram o Ouro. Para elas, o resultado da ONC foi uma mistura de sentimentos, como gratidão, pelo incentivo dos professores e dos amigos durante os estudos. “O sentimento gerado é o de gratidão, de orgulho por aquilo que a gente conquistou e pelo o que a gente ainda vai conquistar, por isso agradecemos muito aos nossos professores e aos nossos amigos, que sempre torceram pela gente”, disse Bruna.

A medalha de Prata ficou para a aluna Isabela Ramos, 13, do 8º ano, e Bronze para Helena Passo, 13, também do 8º ano. A pedagoga da escola, Elizângela Araújo, reforça que esses resultados também são de extrema importância. “Todos saíram vencedores desta competição. Os alunos, a Semed, a nossa escola e principalmente a educação de Manaus. O apoio da escola e da Semed foi muito importante para eles, nesse momento de conhecimento e de inovação”, destacou Elizângela.
De acordo com a professora de Ciências da unidade de ensino da Secretaria Municipal de Educação (Semed), Luciane Cabral, a dedicação dos alunos e o compromisso dos professores foram fundamentais para conquistar as medalhas. “Sempre depois da aula, nós fazíamos um reforço com os alunos de 1 hora, somente com os conteúdos da Olimpíada. Muitas vezes fazíamos encontros on-line, atividades em PDF, tudo para que eles estivessem preparados para a prova”, contou a educadora.
Fotos – Henrique Silva / Semed

Post Relacionado

PC-AM e PC-RO prendem homem investigado por homicídio praticado em Humaitá

Redator

Prefeitura intensifica obras de recapeamento asfáltico no bairro Dom Pedro

Victória Farias

Categoria Ouro do Festival Folclórico do Amazonas inicia no domingo, 10/7

Victória Farias