Blitz Amazônico
Prefeitura de Manaus

Prefeitura mobiliza alunos de escola municipal da zona Oeste em exposição sobre tuberculose

Equipes de saúde e de educação da Prefeitura de Manaus mobilizaram alunos da escola municipal Professora Marly Garganta, no bairro Monte das Oliveiras, zona Leste, para a realização de uma exposição sobre a tuberculose, na tarde desta quarta-feira, 15/5, na unidade de ensino. A atividade ocorreu como parte da Exposição sobre Tuberculose nas Escolas (ExpoTB), iniciativa desenvolvida pelas secretarias municipais de Saúde (Semsa) e de Educação (Semed), em parceria com o Comitê Estadual de Controle da Tuberculose, sob coordenação da Fundação de Vigilância em Saúde Dra. Rosemary Costa Pinto (FVS-RCP).

A exposição contou com a participação de estudantes dos 6º e 7º anos do Ensino Fundamental da unidade escolar, que apresentaram palestras, encenações e dinâmicas enfocando diferentes temáticas relativas à tuberculose. As pesquisas e apresentações da mostra ficaram a cargo dos próprios alunos, sob a orientação de profissionais de saúde do Núcleo de Controle da Tuberculose da Semsa, ao lado de gestores e educadores da Semed.

O chefe do Núcleo de Controle da Tuberculose da Semsa, Alexandre Inomata, relata que as equipes de saúde inicialmente compartilharam materiais educativos e orientaram professores acerca da tuberculose. Os educadores repassaram os conhecimentos aos alunos, que se dividiram em grupos, compondo uma exposição como uma espécie de túnel do tempo, partindo da história da tuberculose e incluindo figuras históricas que morreram em decorrência da doença.

“Trabalhamos a educação por pares, com uns apresentando para os outros sobre suas temáticas. Isso contribui para conscientizar os alunos, e o interessante é que eles irão depois levar esse conhecimento também para casa, para compartilhar com suas famílias”, afirmou.

Inomata assinala que a atividade na escola do Monte das Oliveiras foi a primeira realizada neste ano pela ExpoTB, que traz como tema “A prevenção pode começar na escola”. “Estamos indo até as escolas, promovendo exposições sobre o controle da tuberculose, que é uma temática muito importante no município”, pontuou.

A escola Prof.ª Marly Garganta participa pela segunda vez das atividades da ExpoTB. O gestor da unidade, Abel Santos, contou que a proposta da atividade foi um trabalho interdisciplinar, envolvendo disciplinas como História, Geografia, Matemática, Língua Portuguesa, além das Ciências, unindo todos os componentes curriculares.

“Isso para que todas as crianças compreendam, além dos adultos, pois muitos não conhecem sobre a tuberculose, seus sintomas e sua incidência. É um trabalho muito rico e amplo, que não fica só no agora, é algo que esses alunos vão levar para a vida toda”, destacou.

Entre esses alunos esteve Lohanna Ramos, que apresentou com seu grupo uma encenação para explicar aos colegas sobre a transmissão da tuberculose. “Estou achando muito legal e superútil, pois estamos ensinando outras pessoas como devem se cuidar diante da doença. E a gente compartilha isso com os pais, falamos sobre os sintomas e para procurar o médico caso eles tenham qualquer um deles”, ensinou.

Foto – Artur Barbosa / Semsa

Post Relacionado

Secretária municipal de Educação participa de reunião mensal com gestores das escolas da DDZ Sul

Victória Farias

Força-tarefa da prefeitura leva pavimentação à travessa em solo natural no bairro Cidade de Deus

Patrick da Silva FARIAS

Prefeitura realiza atendimento pré-seletivo em vagas de emprego ofertadas pelo Sine Manaus

Victória Farias