Blitz Amazônico
BrasilCidadaniaCidadania

PF investiga retenção de cartões do Auxílio Brasil por comerciantes da cidade de Guajará/AM em troca de empréstimos

Cruzeiro do Sul/AC – A Polícia Federal deflagrou nesta terça-feira (25), a Operação Katecho, com o cumprimento de nove mandados de busca e apreensão na cidade de Guajará, no Amazonas.

Quarenta policiais federais foram mobilizados para os devidos cumprimentos.
A investigação iniciou com o recebimento de diversas denúncias de que comerciantes de Guajará estariam retendo cartões do Auxílio Brasil, benefício assistencial ou previdenciário dos moradores da cidade e de indígenas em troca de empréstimos e mercadorias.

Além disso, esses comerciantes estariam cobrando juros extorsivos, de mais de 30% ao mês, e estariam realizando ameaças por meio de policiais militares e traficantes faccionados com a finalidade de manter a posse desses cartões e inibir possíveis denúncias à polícia. 


Diligências policiais preliminares foram feitas e confirmaram os relatos recebidos.

A investigação segue em andamento e o material arrecadado será analisado para embasar possíveis indiciamentos.

Os alvos são investigados por apropriação indébita, estelionato e extorsão, previstos nos artigos 168, 171 e 158 do Código Penal, além do delito de usura, tipificado no artigo 4º da Lei 1.521/1951 (crimes contra a economia popular).

O nome da operação – Katecho – é palavra grega que significa “reter com firmeza, possuir, deter”, fazendo referência ao modus operandi dos investigados.

Comunicação Social da Polícia Federal no Acre

Post Relacionado

Internações por Covid-19 reduzem 87% e mortes caem 98% no Amazonas em relação a 2021

Shayenne

Honda lança nova Sala de Imprensa virtual

EDI FARIAS

Blogueira pede R$100 de lanche, paga com nota falsa e ainda grava stories rindo do entregador; veja vídeo

Shayenne