Blitz Amazônico
AmazonasCidadaniaCidadania

Modelo amazonense acusa jogadores do Botafogo de estupro e agressão: “Me machucou muito”

A modelo amazonense Alcimara Ventura, de 27 anos de idade, alega ter sido estuprada e agredida por Lucas Delgado, João Diogo e Eduardo Hatamoto, jogadores do Botafogo Futebol Clube, de Ribeirão Preto (Botafogo-SP). 











O caso teria acontecido na madrugada desta segunda-feira, dia 26 de setembro, em Santo Cristo, no Rio de Janeiro.






De acordo com o Boletim de Ocorrência (B.O), Alcimara, que é natural do município de São Gabriel da Cachoeira (AM), saiu no último domingo (25) para se divertir com seus amigos. Eles foram para Boate Vitrinni Lounge Beer, que fica localizada na Barra da Tijuca.




Em determinado momento da noite, um amigo da jovem recebeu o convite para ir ao camarote e resolveu aceitar, levando Alcimara consigo. Foi neste momento que a vítima conheceu os suspeitos.

No camarote, Alcimara acabou trocando beijos com o jogador Lucas Delgado e, até esse momento, segundo ela, não tinha conhecimento da profissão do mesmo. A modelo aceitou ir para o hotel onde o rapaz estava hospedado e consentiu em fazer sexo com ele. No entanto, ele não usou preservativo e acabou contrariando a vontade da denunciante.



Ainda segundo o B.O, pela madrugada, por volta das 04h, João Diogo e Eduardo Hatomoto entraram no quarto na intenção de também fazerem sexo com Alcimara, que se negou e deixou os jogadores furiosos. Neste momento, João teria agredido-a verbalmente e, Eduardo, fisicamente.

Durante a confusão, Alcimara chegou a ser mordida no seu seio direito, e precisou sair às pressas do quarto. Na recepção, aos prantos, a vítima tomou conhecimento de que os rapazes eram do time de futebol.

Em um áudio obtido com exclusividade pelo Portal e TV CM7 Brasil, a vítima relatou o trauma:”Os dois entraram no quarto e ele (Lucas) começou a falar um monte de coisa, aí o outro veio e me mordeu no peito. Me machucou muito! Eu disse ‘para’ e empurrei ele”, disse Alcimara, chorando bastante.



A vítima prestou queixa na delegacia mais próxima e foi acompanhada pelos agentes para ser atendida no Hospital Municipal Souza Aguiar, onde tomou medicação contraceptiva e contra HIV. Após ser medicada, ela fez exames de corpo de delito no Instituto Médico Legal (IML). Bastante abalada, Alcimara agora deseja que a justiça seja feita.

Os funcionários do hotel prestaram esclarecimento e a Polícia Civil do Rio de Janeiro (PC-RJ) está investigando o caso. As câmeras de segurança do estabelecimento já foram solicitadas. Até o momento os suspeitos não prestaram depoimento.




O que diz o Clube do Botafogo

Os jogadores teriam saído naquela noite, sem o conhecimento do clube, para comemorar a vitória que tiveram na partida contra o Volta Redonda, o que lhes garantiu uma vaga na Série B do Brasileirão no ano que vem.

Ao ter conhecimento do escândalo, o clube informou, por meio de nota, que Lucas teve o contrato rescindido e que os outros envolvidos, João e Eduardo, foram punidos.

Leia nota na íntegra:


“O Botafogo informa que tomou ciência da denúncia contra os atletas Lucas Delgado, João Diogo e Eduardo Hatamoto, que são acusados de agressões físicas e verbais a uma mulher no Rio de Janeiro na madrugada do dia 26/09.

Os três jogadores deixaram a concentração por volta da 1h de segunda-feira, logo após a delegação chegar ao Rio de Janeiro. A saída dos atletas, no entanto, não estava liberada, já que o voo de retorno para Ribeirão Preto estava agendado para o início da manhã.

Nesta tarde, após conversa entre as partes, o atacante Lucas Delgado já teve o seu contrato rescindido. Eduardo Hatamoto e João Diogo também foram punidos por infração disciplinar. O Botafogo também informa que aguardará a conclusão das investigações para decidir quais outras atitudes serão tomadas sobre os dois atletas.

O Botafogo reafirma publicamente seu repúdio a toda e qualquer forma de violência e de assédio, especialmente contra as mulheres, e contribuirá na apuração dos fatos e responsabilidades”.



Fonte: Portal CM7 

Matéria: https://cm7brasil.com/noticias/policia/modelo-amazonense-acusa-jogadores-do-botafogo-de-estupro-e-agressao-me-machucou-muito-imagem-forte/

Post Relacionado

Mestrado em Ciências Humanas da UEA publica edital de seleção

Patrick

Em Itacoatiara, PC-AM prende homem investigado por envolvimento em homicídio de criança de um ano

Redator

Prefeito David Almeida sanciona lei que garante reajuste salarial de 12,47% aos servidores da Semed

Victória Farias