Blitz Amazônico
governo federal

MCom viabiliza doação de 23 mil computadores da Caixa para escolas públicas

Ação faz parte de um acordo de cooperação técnica assinado nesta quinta-feira (21/12) em cerimônia no CRC do Gama, em Brasília.

O ministro das Comunicações, Juscelino Filho, assinou nesta quinta-feira (21/12) um Acordo de Cooperação Técnica (ACT) com a Caixa, que permitirá a entrega de 23 mil computadores para escolas públicas do país. A iniciativa faz parte do Programa Computadores para Inclusão e beneficiará escolas públicas no âmbito do Programa Educação Conectada.
 

As doações serão prioritárias para as escolas públicas, mas também serão recondicionados para os Pontos de Inclusão Digital (PID), para oferta de cursos profissionalizantes, com novas metodologias de ensino e recursos pedagógicos lúdicos. Dos 23 mil equipamentos disponibilizados, 12 mil já serão entregues nos próximos 2 meses.

(Foto: Kayo Sousa/MCom)


Segundo o ministro Juscelino Filho, essa é a maior doação ao programa por uma única instituição. “Que isso sirva de modelo para todas as empresas estatais brasileiras e para os demais órgãos públicos. Agradecemos profundamente a Caixa por essa importante colaboração, que ajudará na busca por uma maior e melhor inclusão digital de toda a população”, afirmou. Somente em 2023, foram doados 5.808 computadores, realizadas 12.384 capacitações e descartadas 695 toneladas de resíduos de forma correta e consciente no âmbito do Programa.
 

O presidente da Caixa, Carlos Vieira, pontuou que esta é uma primeira de outras iniciativas que visam oportunizar o aproveitamento de equipamentos de forma objetiva, na sua integralidade e, os que não puderem ser reaproveitados, poderão ser reciclados e ter uma destinação correta. “Contem com a Caixa, contem com a nossa possibilidade além desse primeiro gesto, para nós criarmos oportunidade de integração entre a Caixa Econômica e o Ministério”, declarou.
 

A Caixa poderá indicar instituições para receberem os equipamentos desde que se enquadrem nos requisitos de um PID, ou seja, devem ter acesso público e infraestrutura básica – energia e mobiliário.
 

Promoção da inclusão digital

O Programa Computadores para Inclusão é uma ação do Governo Federal, executada pelo MCom, para implementação de Políticas de Inclusão Digital. O objetivo é apoiar e viabilizar a promoção da inclusão digital por meio dos Centros de Recondicionamento de Computadores (CRC) — espaços físicos adaptados para o recondicionamento de equipamentos eletroeletrônicos, para a realização de cursos e oficinas, onde é feito o descarte correto de resíduos eletrônicos.
 

O Programa já soma, desde sua criação, um total de 32,9 mil computadores doados, distribuídos para 717 municípios brasileiros. O propósito do Computadores para Inclusão é alcançar uma meta total de 40 mil computadores doados até o final de 2023.

Qualificação

Os computadores doados são ferramentas para a formação de jovens e adultos em situação de vulnerabilidade social. Até o momento, foram ofertados 145 cursos e mais de 23 mil alunos foram formados e plenamente capacitados para o mercado de trabalho, além da destinação correta e consciente de mais de 3 mil toneladas de resíduos.
 

Como participar?

Para realizar doações ao Programa basta preencher uma lista com todos os equipamentos que serão doados e enviar um ofício para o MCom (não é necessário o envio físico, apenas por meio eletrônico).
 

O ofício deve ser enviado para: Departamento de Projetos de Infraestrutura de Telecomunicações e Banda Larga
Esplanada dos Ministérios, Bloco R, anexo. Sala 300
E-mail: desfazimento܂setel@mcom܂gov܂br
Assunto do e-mail: Desfazimento de Bens de Informática – (nome do órgão)
 

As listagens recebidas são apresentadas para os CRCs que estão vinculados ao MCom, para avaliação e manifestação de interesse.

Post Relacionado

MCom celebra a aprovação das operações do Fust para banda larga em escolas públicas de MG e TO

victoria Farias

Região Norte: Famílias de baixa renda podem solicitar a troca das antenas parabólicas em 129 municípios  

blitzamazonico

Lula cobra que debates sobre mudanças climáticas incluam redução de desigualdades

victoria Farias