Blitz Amazônico
CidadaniaCidadaniaEconomia

Jornada Auxílio Brasil tira dúvidas de autoridades sobre benefício

Equipes do Ministério da Cidadania têm se reunido com autoridades estaduais e municipais, visando esclarecer eventuais dúvidas sobre conceitos e ferramentas do programa Auxílio Brasil.
Segundo o secretário-executivo da pasta, Luís Antônio Galvão, no âmbito da Jornada Auxílio Brasil já foram feitas visitas a “praticamente todos os estados”, com o objetivo de debater o tema com técnicos da área de assistência social.

“O governo federal é formulador de políticas públicas, mas quem faz a execução são estados e municípios”, disse hoje (13) o secretário durante entrevista ao programa Repórter Nacional, veiculado pela Empresa Brasil de Comunicação (EBC) por meio da Rádio Nacional.
Galvão lembrou que o país está saindo de uma pandemia que acabou por “limitar os contatos presenciais”, mas que, com a Jornada Auxílio Brasil, o ministério está retomando as agendas presenciais com os demais entes federativos.
“Havia uma carência de contato de estados e municípios com o governo federal”, disse o secretário ao informar que, por meio de reuniões e questionários respondidos pelas autoridades locais, o governo tem reformulado seus procedimentos tendo, por base, sugestões apresentadas pelos demais entes.
Segundo ele, nas visitas feitas por suas equipes a governos locais, procurou-se mostrar como a política pública, de forma integrada, pode ajudar a vida das pessoas. “[Nos painéis de discussão] falamos sobre as principais mudanças e sobre como o Auxílio Brasil tem ajudado a transformar a vida das pessoas e na recuperação da economia local dos municípios”.
“Levamos também um painel de boas práticas, para trazer a participação dos técnicos que estão em contato com a população. É um bate-papo franco e técnico, frente a frente com a equipe”, complementou.

Fonte:https://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2022-10/jornada-auxilio-brasil-tira-duvidas-de-autoridades-sobre-beneficio

Post Relacionado

Prefeito de Itacoatiara usa empresa de engenharia para contratar show dos ‘Barões da Pisadinha’ por R$350 mil

Patrick

A toada que elas cantam: artistas falam sobre a relação com o boi-bumbá

Shayenne

Eduardo Girão pede mais debate sobre projeto que altera Estatuto de Desarmamento

Redator