Blitz Amazônico
CidadaniaCidadaniaEsportes

FINAL COPA DO BRASIL 2022! Malvadão encurrala Corinthians em Itaquera e decisão fica para o Maraca; confira

Corinthians e Flamengo ficam no zero em “primeiro tempo” de final da Copa do Brasil

Foto: Marcelo Cortes / Flamengo
Em um duelo marcado por polêmica de arbitragem e onde o Flamengo ditou o ritmo do jogo e teve mais chances de abrir o marcador, o zero do placar permaneceu até o último instante no confronto de ida da Copa do Brasil, na noite desta quarta-feira, na Neo Química Arena. Cássio foi o destaque pelo lado alvinegro ao lado de Yuri Alberto que teve duas grandes oportunidades, mas não aproveitou. O técnico Vítor Pereira não se conformou com a não marcação de um possível pênalti após bola na mão de Léo Pereira, na etapa complementar. Já pelo Malvadão, Gabigol incomodava o setor defensivo do time da casa e David Luiz acertou um belo chute no travessão de Cássio.
E AGORA TORCEDOR?
Flamengo e Corinthians voltam a medir forças no jogo de volta da final da Copa do Brasil que acontece na próxima quarta-feira, às 21h45 (horário de Brasília), no Maracanã. Qualquer empate leva a decisão para os pênaltis. Quem vencer no tempo normal, vai levantar a taça e soltar o grito de “É Campeão”.

Central do Apito

POLÊMICA DE ARBITRAGEM
A grande reclamação pelo lado do Corinthians aconteceu aos 36 minutos do segundo tempo, quando Mateus Vital levantou a bola na área, a bola resvala na mão de Léo Pereira. O árbitro catarinense Bráulio da Silva Machado, bem colocado no lance, nada marcou. Na transmissão da TV Globo, o comentarista Sálvio Spinola concordou com a decisão, afirmando que Léo estava num “movimento natural, sem ação de bloqueio”.
PRIMEIRO TEMPO
Logo no primeiro minuto Gabigol recebeu em velocidade e bateu à direita da meta do goleiro Cássio. Após levar esse susto, o panorama da partida foi de respeito por ambos os lados e muita troca de passes. O Mais Querido chegou a ter 70% de posse de bola e desperdiçou duas oportunidades claras, uma delas em uma finalização de Pedro, e outra em erro na saída que terminou em finalização de Gabigol e defesa de Cássio. O setor defensivo do Fla conseguiu anular as ações de Renato Augusto e o Corinthians tinha dificuldades na criação. A principal chance pelo time do Parque São Jorge aconteceu em uma bobeada de Léo Pereira, Yuri Alberto partiu em velocidade, se livrou de David Luiz, mas Thiago Maia travou o chute e facilitou a vida do goleiro Santos.
SEGUNDO TEMPO
Na volta do intervalo o Malvadão voltou mais determinado e minou as forças do Corinthians que não conseguia anular as investidas da equipe do técnico Dorival Júnior. Vítor Pereira mexeu na equipe, sacou Renato Augusto e Róger Guedes (que saiu na bronca) e lançando Mateus Vital e Giuliano. O Timão conseguiu equilibrar o duelo, mas o Flamengo era quem chegava com perigo. Gabigol quase abre o marcador de cabeça que exigiu grande defesa de Cássio, depois David Luiz, que acertou uma bela finalização da intermediária que parou no travessão. A comissão técnica do Corinthians reclamou de um possível pênalti após bola na mão de Léo Pereira e nos minutos finais, Yuri Alberto quase surpreende o goleiro Santos.
FALA DORIVAL!
Durante entrevista coletiva, o técnico Dorival Junior destacou o equilíbrio que marcou a disputa e destacou a importância de contar com a torcida no jogo de volta em casa.
“A minha mensagem é essa: que faça a diferença como nós fizemos, em especial naquela partida contra o Atlético-MG e nas demais que jogamos lá dentro. O torcedor impressiona quando participa da forma como tem acontecido. Não queremos nada diferente daquilo que nós vimos na grande maioria dos nossos jogos. Principalmente nos jogos das Copas, quando todo movimento, toda a ativação, a maneira como carregaram nosso time. Aquilo demonstra a paixão que existe, a sintonia, a harmonia e não tenho dúvida que vamos fazer grande jogo para retribuir toda a confiança”, disse.
Copa do Brasil 2022
Ficha técnica: Corinthians 0 x 0 Flamengo
Local: Neo Química Arena (São Paulo – SP)

Data: 12 de outubro de 2022 (quarta-feira)

Horário: 21h45 (de Brasília)

Árbitro: Bráulio da Silva Machado (FIFA-SC)

Auxiliares: Kleber Lúcio Gil (FIFA-SC) e Guilherme Dias Camilo (FIFA-MG)

Quarto árbitro: Jean Pierre Goncalves Lima (RS)

Árbitro de vídeo: Rodrigo D Alonso Ferreira (SC)
Gols:

Cartões amarelos: Yuri Alberto (COR); João Gomes (FLA)

Público: 47.031 pagantes (recorde de público em jogos do Timão)

Renda: R$ 4.665.153,00
CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Gil, Balbuena, Fábio Santos; Fausto Vera, Du Queiroz (Ramiro), Renato Augusto (Giuliano); Adson (Gustavo Silva), Róger Guedes (Mateus Vital) e Yuri Alberto.

Técnico: Vitor Pereira.

FLAMENGO: Santos; Rodinei, David Luiz, Léo Pereira, Filipe Luís; João Gomes (Vidal), Thiago Maia, Éverton Ribeiro (Fabrício), Arrascaeta (Victor Hugo); Gabigol (Éverton Cebolinha) e Pedro.

Técnico: Dorival Júnior.
CORINTHIANS 0 X 0 FLAMENGO | MELHORES MOMENTOS | FINAL COPA DO BRASIL 2022

https://youtu.be/OREsV_qz9eg

Post Relacionado

Agora é lei: sistema de protocolo judicial integrado facilita entrega de documentos

Redator

“Ser velho não é crime, é alguém abençoado por Deus! ”, responde Amazonino Mendes aos críticos

Redação

SES-AM reforça compromisso com a transparência em reunião com órgãos de controle

Victória Farias