Blitz Amazônico
Artigo & OpiniãoCidadaniaCidadania

Amazonino Mendes, Eduardo Braga ou Wilson Lima? Chegou a hora do eleitor dar uma resposta nas urnas; confira

DA REDAÇÃO BLITZ AMAZÔNICO

Contagem regressiva para que o eleitor possa definir os rumos do Brasil e do Amazonas para os próximos quatro anos.

Faltando menos de 24 horas para o início do pleito eleitoral que acontece nesse domingo, dia 2 de outubro, o amazonense tem a oportunidade de escolher os representantes no executivo federal, mediante voto a presidência da república, governador do Estado, além dos parlamentares que concorrem a uma vaga a deputado estadual e federal.

No âmbito estadual a disputa segue acirrada e o futuro governador que vai sentar na cobiçada cadeira do Palácio do Governo será conhecido nas urnas após apuração dos votos entre o ex-governador por quatro mandatos, Amazonino Mendes (Cidadania/AM), pelo Senador em seu segundo mandato consecutivo Eduardo Braga (MDB/AM) e o candidato a reeleição e atual governador Wilson Lima (União Brasil/AM).
O voto de confiança dado pelo eleitor amazonense em romper com a política tradicional e apostar no novo na figura do ex-apresentador de um programa policial Wilson Lima, na prática, se transformou em uma grande decepção e conduziu o Amazonas para o atraso e retrocesso do seu povo que sofreu com a perda de seus entes queridos mediante o caos na saúde pública.
A população do Amazonas se acostumou com a triste realidade de ver integrantes do executivo estadual envolvidos em escândalos, quatro secretários foram presos, sendo três da área da saúde em plena pandemia durante a operação Sangria deflagrada pela Polícia Federal (PF), que chegou na casa do Governador Wilson Lima por duas vezes e três no seu gabinete.
A situação de Wiçu piorou com a suspeição na compra de respiradores ineficazes para casos graves da Covid-19 em uma loja de vinhos, enquanto familiares aflitos acompanhavam a morte de parentes no sistema de saúde que levaram Wilson Lima se tornar réu no Superior Tribunal de Justiça (STJ). O governador foi indiciado pela CPI da Covid como um dos responsáveis pela grave crise na saúde do Amazonas durante a pandemia.
Na área da segurança pública, o governador Wilson Lima viu seu homem de confiança o secretário de Inteligência da Secretária de Segurança Pública, Samir Figueiredo ser preso por suposto envolvimento no desvio de ouro de garimpos ilegais utilizando a estrutura do governo.
A experiência de Amazonino Mendes acumulada em quatro mandatos e que conhece como pouco as necessidades do povo amazonense são inquestionáveis. 

Seu desempenho nas pesquisas indica que o eleitor vai dar uma resposta nas urnas ao caos que se transformou o estado e o desejo de colocar nas mãos do Negão o poder da caneta em governador esse gigante chamado Amazonas nos próximos quatro anos.

Post Relacionado

Multilaser será a primeira montadora de motos 100% elétricas da Zona Franca de Manaus

Patrick

‘Eu não considero ele mais como o meu pai’, diz filha de Cupertino

Shayenne

Erros que atrasam a inclusão escolar – por Luciana Brites, psicopedagoga, Mestra e Doutoranda em Distúrbios do Desenvolvimento e CEO do Instituto Neurosaber

victoria Farias