Blitz Amazônico
TCE_AM

TCE-AM realiza ação de conscientização ambiental integrada entre portos de Manaus e Parintins

O Tribunal de Contas do Estado (TCE-AM), sob orientação da conselheira Yara Amazônia Lins, realiza ação de conscientização socioambiental integrada entre o porto de Manaus e o porto de Parintins. O objetivo é sensibilizar os passageiros sobre a responsabilidade da gestão dos resíduos sólidos durante o festival folclórico de Parintins.

Uma equipe de mais de vinte servidores do TCE-AM começou a atuar no Porto de Manaus a partir de terça-feira (25) com a distribuição do material informativo sobre descarte do lixo no meio ambiente e o tempo médio de duração dos resíduos jogados inadequadamente na natureza. Durante as abordagens, a equipe explicava ao público a necessidade de repensar sobre hábitos de consumo, uso consciente da água, prevenção de queimadas e desmatamento.

Para a diretora de projetos ambientais do Tribunal de Contas do Amazonas, Anete Ferreira, a ação representa a responsabilidade do órgão na realização de campanhas educativas para sensibilizar a sociedade para a defesa do meio ambiente.

“O artigo 225 da Constituição Federal diz que todo cidadão tem direito ao meio ambiente ecologicamente bem equilibrado, portanto o que o Tribunal faz é orientar o cidadão, ao mesmo tempo em que exige que gestores públicos cumpram o que está estabelecido em lei em relação à questão ambiental” , ressaltou Anete Ferreira.

Durante as abordagens os passageiros elogiavam os esclarecimentos prestados pela equipe do TCE-AM. A passageira Diene Andrade embarcava para Parintins com a família, ela explicou que ensina às filhas de cinco e sete anos a importância de nunca jogar o lixo no chão, especialmente em transportes coletivos e que ações educativas ajudam a tornar as futuras gerações mais conscientes para a preservação do planeta.

Os servidores também percorreram os barcos que já estavam lotados de passageiros a caminho do festival de Parintins. Além da distribuição do material informativo, a abordagem era feita de forma educativa e gentil, sempre na busca de sensibilizar adultos e crianças.

A professora Katiane Laborda que estava embarcada com destino à Parintins contou que sempre conversa com seus alunos sobre o perigo do descarte de lixo na natureza e que é preciso educar e dar exemplos para formar cidadãos conscientes.

A ação segue até dia 30 de junho, o último dia de festival, na abordagem dos turistas que retornam para Manaus após o término da festa e deve alcançar mais de duzentas mil pessoas. A ideia é compartilhar, de maneira didática junto à população, a questão da preservação ambiental e o cuidado com o meio ambiente.

Foto: Álefe Penha

Post Relacionado

​Ex-prefeito de Humaitá é condenado a devolver R$ 494 mil após irregularidades em licitação

victoria Farias

​Com o apoio do TCE, MPC abre inscrições para mesa redonda sobre prevenção a desastres no AM

victoria Farias

Tribunal Pleno do TCE-AM julga ilegal convênio entre Sepror e Prefeitura de Ipixuna

blitzamazonico