Blitz Amazônico
CidadaniaCidadaniaPrefeitura de Manaus

Serviço de Diagnóstico do Câncer de Mama da prefeitura agiliza início do tratamento em Manaus

Inaugurado pela Prefeitura de Manaus em fevereiro deste ano, o Serviço Municipal de Referência para o Diagnóstico de Câncer de Mama (SDM) vem mudando a realidade de mulheres que lutam contra o câncer de mama na cidade.


O serviço, coordenado pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), realiza a biópsia de lesões precursoras de câncer, identificadas por meio dos exames de mamografia ofertados na Atenção Primária.
A secretária municipal de Saúde, Shádia Fraxe, informa que o SDM foi inaugurado na gestão do prefeito David Almeida com intuito de intensificar o diagnóstico precoce da doença, quando a lesão ainda é pequena e as chances de cura são muito maiores.
“A oferta de biópsia é de responsabilidade da Atenção Secundária, mas a gestão da Semsa viu a necessidade de ter um local que realize esse serviço justamente para fortalecer a atenção à saúde da mulher manauara. O que nós queremos é contribuir com a redução da incidência do câncer de mama, e encaminhar para o tratamento em tempo hábil as pacientes diagnosticadas com a doença”, disse a secretária.

A chefe da Divisão de Atenção à Saúde da Mulher, enfermeira Lúcia Freitas, explica que os SDMs funcionam na policlínica Djalma Batista, no bairro Compensa, zona Oeste, e na policlínica Castelo Branco, no bairro Parque 10 de Novembro, zona Centro-Sul.
De acordo com Lúcia, a estimativa da Fundação Centro de Controle de Oncologia do Amazonas (FCecon) é que o início do tratamento, que demorava de oito a nove meses, agora é oportunizado em até dois meses, porque as pacientes já chegam à instituição com os exames de biópsia e imunohistoquímica realizados.
“Esse resultado que estamos observando é muito importante para promover a saúde e qualidade de vida das mulheres da nossa cidade. O nosso profissional de saúde também é estimulado com isso, pois ele tem a certeza de que o trabalho desenvolvido nas unidades está tendo efetividade”, pontua Lúcia.

Até agosto deste ano, o SDM identificou por meio da biópsia um total de 52 mulheres com lesões malignas, e 95 com lesões benignas. O Instituto Nacional do Câncer (Inca) aponta que, em 2022, 66 mil novos casos de câncer de mama serão diagnosticados no país, sendo 380 no município de Manaus.

Fluxo
A enfermeira Lúcia Freitas explica que as mulheres devem buscar o atendimento inicial nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs), para solicitar o exame clínico das mamas, disponibilizado na consulta médica ou de enfermagem, e solicitar o exame de mamografia.
“Quando o resultado da mamografia indica alterações, essa usuária é encaminhada ao SDM por meio do Sistema de Regulação (Sisreg), para investigação laboratorial com a realização da biópsia. Reforçamos o pedido que as mulheres, principalmente na faixa etária de rastreio, de 50 a 69 anos, procurem nossas unidades para realização dos exames, porque quanto antes a doença for identificada, maiores são as chances de cura”, afirma a enfermeira.

Neste mês, durante a campanha Outubro Rosa, a Semsa tem intensificado a oferta dos serviços de prevenção ao câncer de mama, com exames, consultas e ações educativas. Além das unidades básicas, a população pode buscar os serviços na UBS Móvel instalada na praça Dom Pedro II, no Centro, em frente ao Museu Cidade de Manaus (Muma), no Paço da Liberdade, de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 16h.

Post Relacionado

Família real cumprimenta súditos fora do castelo de Balmoral

Shayenne

Prefeitura pede colaboração da população para denunciar furtos de cabos nos semáforos de Manaus

Patrick

Águas de Manaus divulga nomes de alunos selecionados no projeto Jovens Pioneiros

Victória Farias