Blitz Amazônico
CidadaniaCidadaniaPrefeitura de Manaus

Prefeitura de Manaus realiza a 4ª edição do Concurso de Poemas da EJA da DDZ Norte

Com o tema “Educação de Jovens e Adultos (EJA): cultura, memória, história e trajetória”, a Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed), realizou na noite desta quarta-feira, 26/10, a 4ª edição do Concurso de Poemas da EJA, na quadra poliesportiva da Escola Municipal Professora Marly Barbosa Garganta, localizada no bairro Monte das Oliveiras, zona Norte.


O evento contou com a participação de 300 pessoas, entre professores e alunos da 3ª, 4ª e 5ª fase da EJA.

A programação contou com as unidades de ensino Ana Sena Rodrigues, Sara Barroso, Rubens Sverner, Sabá Raposo e Marly Garganta da Divisão Distrital Zonal (DDZ) Norte da Semed. O resultado do concurso premiou 50 estudantes da modalidade, que receberam uma coletânea poética das próprias obras escritas e certificados de participação, sendo que os dez primeiros com certificados e medalhas para os 1º, 2º e 3º lugares, além de um valor em dinheiro, troféus, medalhas e presentes.
O evento teve como objetivo incentivar a leitura por meio das impressões poéticas dos alunos, suas expressões e exposições em uma ação educativa, disseminando possibilidades de forma igualitária para o desenvolvimento intelectual em um ambiente escolar prazeroso, lúdico e agradável.
Para a coordenadora pedagógica da EJA da DDZ Norte, Adria do Nascimento, o concurso é muito importante para a modalidade, pois mostra o resultado do trabalho pedagógico nas escolas, mas também o potencial de cada aluno.
“O concurso é de grande relevância para o desenvolvimento pessoal, intelectual, cultural dos estudantes da EJA. Estes produzem com seus poemas uma coletânea poética, que tem a intencionalidade pedagógica de proporcionar a eles um material de consulta em suas atividades interdisciplinares. Com isso asseguramos a permanência com sucesso no ambiente escolar dos estudantes da nossa valorosa EJA”, comentou Adria.
Com o tema “Cultura e memória…”, a aluna Vitória do Nascimento Silva, 15, foi a primeira colocada com seu poema e foi premiada com troféu, medalha de ouro, certificado, uma coletânea poética e uma agenda personalizada, além do valor de R$ 200. Para ela, foi algo muito especial ter ficado na primeira colocação.
“Me sinto muito honrada por isso, em toda minha vida isso foi a primeira vez que me aconteceu, e fiquei muito feliz em representar a minha escola Marly Barbosa Garganta. Agradeço de coração por todo ensinamento dos professores e por tudo. Eu não esperava por isso e vai ficar marcado para sempre em minha vida”, comemorou Vitória.

Post Relacionado

Conselheiros homenageiam as mulheres do TCE e do AM 🌻🌻🌻🌻

Redação

Alunos de escola municipal participam de oficina de customização de adereços carnavalescos

Victória Farias

Prefeito inaugura USF Amazonino Mendes com capacidade para 18 mil atendimentos por mês

blitzamazonico