Blitz Amazônico
CidadaniaCidadaniaPrefeitura de Manaus

Prefeitura de Manaus leva projeto sobre trânsito seguro para escola estadual

A Prefeitura de Manaus, por meio do setor de Educação do Instituto Municipal de Mobilidade (IMMU), levou o projeto “Trânsito na Escola”, que visa o ensinamento utilizando jogos de memorização, sobre regras de um trânsito seguro.


A iniciativa foi ofertada aos alunos do 1º ao 5º ano, com idades de 8 a 10 anos, da escola estadual Duque de Caxias, no bairro Compensa, zona Oeste.
“As crianças receberam orientações sobre as principais regras de trânsito, aprenderam também sobre como realizar a travessia segura na faixa de pedestre, fazendo o sinal da vida, que é o ato de estender o braço e esperar os veículos pararem totalmente para atravessar. Também foram repassados os jogos pedagógicos de memorização, para que a criança tenha o contato com as placas de trânsito, a fim de memorizá-las”, frisou Rineida Liege, educadora de Trânsito do IMMU.
Os educadores do IMMU apresentaram às crianças, jogos de fácil aprendizagem e realizaram atividades lúdicas sobre travessia com segurança na faixa de pedestres. Os professores e estudantes receberam cartilhas com informações sobre regras e leis de trânsito.

“O objetivo da Prefeitura de Manaus é oferecer didáticas que foquem na preservação da vida, na prevenção a acidentes, o respeito com o próximo, cooperação, solidariedade e responsabilidade, que são suportes decisivos na transformação do comportamento humano no trânsito”, finalizou Rineida.

Gestores de escolas públicas ou privadas interessadas em obter as palestras sobre “Trânsito nas Escolas” podem solicitar pelo e-mail educacao.immu@gmail.com ou agendar pelo telefone (92) 98855-1488.

Post Relacionado

Itinerário da linha 304 sofre alteração em Manaus para atender usuários no bairro Cachoeirinha

Victória Farias

Prefeitura leva infraestrutura ao bairro Santo Antônio com o programa ‘Asfalta Manaus’

Victória Farias

Juiz eleitoral indeferiu liminar contra Amazonino por chamar Wilson Lima de “cabeça oca”

Victória Farias