Blitz Amazônico
BrasilEconomia

Pix é a principal forma de pagamento aos pequenos negócios no Amazonas

Estado é o terceiro do Brasil que mais recorre ao pagamento digital, segundo levantamento do Sebrae

No Amazonas, o recurso do Pix como forma de pagamento é o mais comum para 58% dos micro e pequenos empreendedores, o que coloca o estado como o terceiro onde os clientes mais utilizam essa modalidade. A informação é da pesquisa ‘Pulso dos Pequenos Negócios’, organizada pelo Sebrae e divulgada neste mês.
Ao todo, 133 empreendimentos no Amazonas participaram da sondagem no período de agosto a setembro deste ano. No ranking nacional das transições instantâneas, apenas Roraima (82%) e Amapá (61%) estão na frente
No primeiro semestre de 2021, a capital do estado já havia sido destaque entre as cidades que mais realizaram transações por meio do Pix, com o sétimo lugar. Foram 38,2 milhões de lançamentos, segundo dados Banco Central. No interior, Parintins (661 mil), Itacoatiara (612 mil) e Manacapuru (519 mil) foram os destaques no mesmo período.

Pagamentos tradicionais
O ‘Pulso dos Pequenos Negócios’ revelou ainda que o Amazonas é o segundo estado do país que mais efetua pagamentos com dinheiro em espécie entre os pequenos negócios. Cerca de 23% dos empreendimentos afirmaram o dado no estado, que ficou atrás somente do Piauí (29%).
A pesquisa apontou também que no estado os recebimentos com cartão de débito representam 4% e, para cartão de crédito, cerca de 9%, sendo esta a porcentagem mais baixa de utilização do país junto com o Pará (9%).

Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

Post Relacionado

Copa Brasil de Luta Livre Esportiva com inscrições promocionais até 20 de fevereiro

victoria Farias

Prefeitura alerta para mudança na emissão de Nota Fiscal de Serviço exclusiva para MEI

victoria Farias

CGE participa de Seminário em Comemoração ao Dia Nacional de Respeito ao Contribuinte

EDI FARIAS