Blitz Amazônico
BizarroCidadaniaCidadania

Líquido vermelho vaza do interior de funerária e deixa moradores aterrorizados

Nas últimas horas começou a circular nas redes sociais um vídeo que mostra um líquido vermelho escorrendo por uma rua, a moradora do local que fez as imagens chega a afirmar que se trata de “sangue de defunto” que estava vazando de uma funerária.









O vídeo viralizou e vem chamando a atenção nas redes sociais. O caso aconteceu na cidade de João Monlevade, localizada na Região Central de Minas Gerais e deixou os moradores da região indignados e assustados com o suposto “sangue” escorrendo pela calha da rua.

No último dia 28 de setembro, após as imagens viralizarem, equipes do Setor de Posturas da Prefeitura de João Monlevade, Secretária Municipal de Meio Ambiente e da Polícia Militar se deslocaram até o local onde a funerária está instalada para verificar a situação.

O líquido vermelho foi recolhido em bueiros ao longo da rua e encaminhado para um laboratório onde passará por análises.

Depois que a vistoria foi realizada, o responsável pela empresa Real Pax, afirmou que o líquido não se trata de sangue humano.

“O material não é sangue humano, mas um produto utilizado para conservação de corpos”, disse o representante legal da funerária.

Entretanto, a Vigilância Sanitária notificou a empresa que está proibida de realizar o trabalho de conservação dos corpos, até que todas as irregularidades sejam resolvidas.

A empresa também precisará encontrar uma maneira adequada para destinar o produto usado na conservação dos corpos e está proibida de lançá-lo na rua como vinha fazendo.


Caso descumpra com o que foi acertado junto aos órgãos competentes a empresa pode até ser fechada.

 

Fonte: Minuto Info

Post Relacionado

Prouni: estudante em lista de espera tem até hoje para comprovar dados

Redator

Em ações na zona oeste, PMAM apreende dez armas de fogo

Patrick

Prefeitura amplia assistência médica e farmacêutica com novo Centro Municipal de Testagem

Victória Farias