Blitz Amazônico
Economia

Bioeconomia e Negócios Sustentáveis são debatidos em seminário na 45ª Expoagro

A Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação (Sedecti) debateu, na quarta-feira e nesta quinta-feira (06 e 07/12), estratégias e caminhos para as cadeias produtivas da bioeconomia e desenvolvimento de negócios sustentáveis, durante o Seminário de Bioeconomia e Negócios Sustentáveis, que integrou a programação da 45ª Expoagro 

O Seminário promovido pela Sedecti reuniu representantes da academia, iniciativa privada, sociedade civil e governo. E de acordo com o coordenador do Núcleo Estadual de Fronteira do Amazonas (Niffam), Guilherme Villagelim, o evento tem o intuito de promover diálogos sobre a inovação no contexto da bioeconomia.

“No evento trouxemos atores importantes para alavancar a bioeconomia do estado. Aqui temos painéis ligados a novos negócios da bioeconomia, formas de estruturar a comunicação e digitalização dos negócios, e os nossos produtos que já têm aqui que podem ganhar escala. A Sedecti está mobilizando esses atores para que dentro da Expoagro possa atrair investimentos e gerar emprego e renda para as pessoas de nosso estado”, revela

O sócio-proprietário da Karú Amazon, Glauco Francesco, ressaltou a importância do Seminário e agradeceu o apoio da Sedecti em aproximar todos os atores da cadeia da bioeconomia. Ele pediu ainda para incluir outros seminários como este na agenda de 2024.

“É muito importante nós termos esse tipo de discussão para que vários atores de todo esse processo da cadeia produtiva do estado possam estar conectados e a partir daí começar a ter soluções. É discutir suas necessidades e dores, e isso se transformar em soluções para a biodiversidade. Parabéns a Sedecti”, conta.

O seminário trouxe diversos painéis de discussões em eixos estratégicos como: Negócios da Bioeconomia; Bioeconomia Digital; Agregando Valor a Bioprodutos; Fórum de Origens Amazonas; Propriedade Intelectual no Contexto Amazônico; Bioeconomia Além do Extrativismo; Construção da Nota técnica da Borracha. A programação segue até o próximo domingo (10/12).

FOTOS: Bruno Leão/Sedecti

Post Relacionado

Com Pix, Brasil fica em 2º em ranking de países por uso de pagamentos instantâneos em 2022

blitzamazonico

Previsão do mercado financeiro para inflação sobe para 5,96%

EDI FARIAS

Caixa paga novo Bolsa Família a beneficiários com NIS de final 2

VICTORIA LOUZADA