Blitz Amazônico
PolíticaPolítica

Alexandre de Moraes diz que nenhum eleitor foi impedido de votar por operações da PRF

Ministro concedeu coletiva no início da tarde deste domingo (30)

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Alexandre de Moraes, afirmou que nenhum eleitor teria sido impedido de votar mesmo em meio às operações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), realizadas em alguns estados brasileiros neste domingo (29), data do 2º turno das eleições no Brasil.

 

Até o início desta tarde, informações apontavam ao menos 514 operações de autoria da PRF em diversas estradas brasileiras. A maioria delas teria ocorrido no Nordeste.

 

“As operações realizadas foram, segundo o diretor da PRF, feitas com base no Código de Trânsito Brasileiro. Significa que teria sido com veículos incapazes de circular naturalmente, como ônibus com pneus carecas, por exemplo. Foram casos em que nenhum eleitor voltou para seu destino de origem”, pontuou o ministro. 

 

Na noite de sábado (29), Moraes já havia proibido a PRF de conduzir, neste domingo (30) de 2º turno, operações que pudessem afetar o transporte público de eleitores, fosse pago ou gratuito, sob pena de responsabilização criminal do diretor-geral da corporação em caso de descumprimento.

 

Após uma série de denúncias relacionadas a operações em solo nordestino, o ministro determinou esclarecimentos do diretor-geral da Polícia Rodoviária Federal (PRF), Silvanei Vasques. A intenção seria colher  informações sobre as razões para a realização de operações policiais em meio às eleições.

Via Diário do Nordeste 

Post Relacionado

Agora é lei: sistema de protocolo judicial integrado facilita entrega de documentos

Redator

Governo reserva R$ 11,7 bilhões para reajuste de servidores em 2023

Redator

Roberto Cidade chama atenção para lei de sua autoria que fortalece política estadual de luta contra o câncer infantojuvenil

blitzamazonico