Blitz Amazônico
Saúde

Referência na promoção de saúde, Programa RespirAR realiza mais de 95 mil atendimentos em 2023

O ano de 2023 foi transformador para milhares de pessoas por meio do Programa RespirAR. Lançado pelo Governo do Amazonas, o Programa atua na promoção de saúde por meio da fisioterapia, atividade física e no combate ao sedentarismo, só este ano foram realizados mais de 95 mil atendimentos em 14 núcleos coordenados pela Secretaria de Estado do Desporto e Lazer (Sedel).

“Por determinação do governador Wilson Lima, o Programa RespirAR, tem sido de suma importância para promoção da qualidade de vida da população amazonense. Com isso, temos criado políticas públicas para que esse Programa siga sendo referência internacional”, ressaltou Jorge Oliveira, secretário de Estado de Desporto e Lazer.

Com foco no cuidado, tratamento e prevenção de lesões musculares, cardíacas, ortopédicas e ao combate do sedentarismo, o Programa RespirAR é reconhecido internacionalmente pela Organização Mundial da Saúde (OMS), e tem sido ferramenta de reabilitação para diversas patologias.

O ano de 2023 foi marcado pela expansão do Programa aos estádios da capital amazonense como o Estádio Carlos Zamith, o Ismael Benigno e o Oswaldo Frota que foram integrados aos núcleos do RespirAR com serviços de educação física e fisioterapia, além de aulas de ritmos e treino funcional.

“O RespirAR veio para me ajudar a sair do sedentarismo. Estava pesando 126 quilos e com as atividades, aqui, já perdi mais de 20 quilos. Tenho 40 anos e gosto de praticar esporte e caminhar, o programa só me incentiva a melhorar cada dia mais”, comentou Fabiano Nogueira, membro do núcleo no Estádio Carlos Zamith.

Este ano, o RespirAR também realizou ações para promoção de saúde nos municípios de Barreirinha, Presidente Figueiredo, Iranduba, além de trabalhos em comunidades indígenas.

“O RespirAR tem nos ajudado a melhorar em todos os sentidos. Hoje, a gente faz atividade física e caminhada, esse espaço com certeza veio para melhorar a vida dos moradores do bairro São Jorge”, disse Maria do Socorro, integrante do núcleo na Quadra Cauby Branco.

Unidades

O RespirAR conta com 14 núcleos de atendimentos espalhados pela capital amazonense, entre eles as Policlínicas Antônio Aleixo, Codajás e João dos Santos Braga e os Centros de Atenção ao Idoso (Caimis) Ada Viana e o André Araújo. Além desses, os Centros Estaduais de Convivência da Família (CECFs) Padre Pedro Vignola, Magdalena Arce Daou, Teonízia Lobo, Centro Estadual de Convivência do Idoso (Ceci – Aparecida), Vila Olímpica de Manaus, os Estádios Carlos Zamith, Ismael Benigno, Oswaldo Frota, além da Quadra Cauby Branco.

FOTOS: Mauro Neto; Julcemar Alves e Davi Lacerda /Sedel

Post Relacionado

Maternidade Dr. Moura Tapajóz recebe roda de conversa sobre combate à violência obstétrica

victoria Farias

Beber muita água pode ajudar a envelhecer a pele, diz expert. Entenda

VICTORIA LOUZADA

Como saber se realmente é ansiedade? Confira sinais do transtorno

VICTORIA LOUZADA