Blitz Amazônico
Prefeitura de Manaus

Prefeitura promove intensificação de exames de mama e preventivo com o Dia D do Outubro Rosa

Prefeitura de Manaus vai intensificar a realização de exames clínicos de mama e do exame preventivo na ação Dia D do “Outubro Rosa”, a ser realizado em três sábados deste mês. A primeira edição será no dia 7/10, das 8h às 12h, nas unidades da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) que atendem aos sábados, na zona Leste.

Estão incluídas na ação, as Unidades de Saúde da Família (USFs) Leonor Brilhante, no bairro Tancredo Neves; Amazonas Palhano, no São José Operário; e Alfredo Campos, no Zumbi dos Palmares; e ainda na Unidade Móvel de Saúde da Mulher, que estará na rua Vitória-Régia, no Grande Vitória.

O Dia D integra a agenda da Semsa Manaus na campanha “Outubro Rosa”, voltada à sensibilização sobre o câncer de mama e câncer do colo do útero. A abertura oficial da programação será na segunda-feira, 9/10, na Unidade de Saúde da Família (USF) Nilton Lins, no bairro Flores, zona Centro-Sul. Na ocasião, será aberta também a campanha “Outubro Verde”, com enfoque na conscientização acerca da prevenção, diagnóstico e tratamento da sífilis.

No sábado, as equipes de saúde das USFs e da unidade móvel envolvidas no Dia D vão intensificar a realização de exames clínicos de mama e do exame preventivo do câncer do colo do útero (citopatológico), bem como das mamografias, que poderão ser feitas diretamente na unidade móvel, ou solicitadas via Sistema de Regulação (Sisreg), no caso das USFs.

A chefe da Divisão de Atenção à Saúde da Mulher da Semsa, Lúcia Freitas, pontua que as ações de prevenção do câncer de mama ocorrem ao longo de todo o ano na rede básica, com a oferta de exames clínicos e solicitação de mamografias diagnósticas e de rastreio, assim como as ações de prevenção do câncer do colo do útero.

“Por ser um mês voltado à sensibilização sobre os cânceres de mama e do colo uterino, durante todo outubro vamos reforçar a importância da mamografia, do preventivo e do diagnóstico precoce, que pode evitar um desfecho ruim em relação a esses tipos de câncer”, assinala.

Lúcia reforça a orientação para que a população procure as unidades da Semsa para se consultar com os profissionais de saúde e realizar exames de prevenção dos cânceres de mama e do colo do útero, que têm maiores chances de cura quando diagnosticadas de forma precoce.

“As unidades móveis vão funcionar um dia a mais, no sábado, numa oportunidade para a mulher que trabalha ou cuida dos filhos a semana toda. E há ainda unidades de horário ampliado, funcionando até as 19h ou 21h, de segunda a sexta. O objetivo é que a mulher busque a rede básica, durante a campanha ou em outros momentos, e se cuide”, diz.

Intensificação

A agenda do Dia D do “Outubro Rosa” seguirá no dia 14/10, nas unidades que ofertam atendimento aos sábados: USF Dr. José Rayol dos Santos, no bairro Chapada, zona Sul; e as USFs Leonor de Freitas, no Compensa; Deodato de Miranda Leão, no Glória; e Unidade Móvel de Saúde da Mulher, na zona Oeste.

No dia 21/10, a ação de intensificação será nas unidades coordenadas pelo Disa Norte da Semsa, a Clínica da Família Carmen Nicolau, no bairro Lago Azul, e as USFs Áugias Gadelha, no Cidade Nova, e major PM Sálvio Belota, no Santa Etelvina. Participa da atividade na data ainda a estrutura móvel de saúde da mulher que atende a zona Norte.

Campanhas

Além do Dia D, a agenda do “Outubro Rosa” da Semsa Manaus prevê a intensificação, em todas as unidades da rede básica municipal, ao longo de todo o mês de outubro, da realização de exames clínicos de mama e citopatológico, bem como da solicitação de mamografias. As equipes de saúde também vão atuar em ações de educação em saúde e orientação sobre a prevenção do câncer de mama e câncer cervical.

A agenda terá ainda o reforço da vacinação contra o papilomavírus humano (HPV) nas unidades de saúde, por meio do Programa Saúde na Escola (PSE), em parceria com a Secretaria Municipal de Educação (Semed). A vacina é indicada para crianças e adolescentes de 9 a 14 anos. O HPV é a principal causa de câncer do colo do útero.

“A proposta é fazer o chamado dos adolescentes para a vacinação, ao lado da orientação dos pais. Ao mesmo tempo, estaremos informando esses públicos sobre a importância do preventivo e da mamografia, num trabalho integrado”, aponta Lúcia Freitas.

A programação do “Outubro Rosa” inclui ainda edições temáticas das webconferências “Diálogos na Atenção Primária à Saúde”, voltadas a profissionais da rede básica. A primeira foi ao ar na quarta-feira, 4/10, com o tema “Abordagem transdisciplinar do câncer de mama”. No dia 18/10, o assunto em pauta será “Serviços de Diagnóstico do Câncer de Mama municipais: acesso ao diagnóstico e tratamento oportunos”.

Como parte do “Outubro Verde”, a Semsa Manaus promove neste mês também ações de conscientização acerca da prevenção, diagnóstico e tratamento da sífilis.

Durante a campanha, a rede básica de saúde vai intensificar a oferta de testes rápidos para a doença, que estarão disponíveis para os usuários em 196 unidades de saúde gerenciadas pela Semsa. As equipes de saúde vão promover ainda atividades de educação em saúde e realizar a distribuição de preservativos.

Números e prevenção

O câncer de mama é o tipo que mais acomete a população feminina em todo o mundo, sendo a primeira causa de morte por câncer entre mulheres no Brasil. Para o ano de 2023, o Instituto Nacional do Câncer (Inca) estima o diagnóstico de 73.610 casos novos de câncer de mama no Brasil. As estimativas para o município de Manaus são de 420 casos.

A prevenção da doença inclui o exame clínico anual da mama, indicado para mulheres a partir dos 40 anos de idade, e ainda a mamografia, que deve ser feita pelo menos a cada dois anos, pelas mulheres na faixa etária de 50 a 69 anos.

O câncer do colo do útero, por sua vez, é o tipo mais incidente no Norte do Brasil, sendo também a principal causa de óbitos por câncer em mulheres na região. O rastreio da doença é feito por meio do exame preventivo, indicado para mulheres de 25 a 64 anos, uma vez a cada três anos, após dois exames anuais consecutivos normais.

O público-alvo para o rastreio do câncer de mama são as mulheres, em especial, e também homens cisgêneros e homens e mulheres transgêneros. Já para o câncer cervical, as medidas preventivas são indicadas para todas as pessoas com útero.

A sífilis, alvo do “Outubro Verde”, é uma infecção sexualmente transmissível (IST) causada pela bactéria Treponema pallidum. Pode ser transmitida mediante relação sexual sem camisinha, nos casos de sífilis adquirida ou sífilis em gestantes, ou de forma vertical, da mãe para o feto, no caso da sífilis congênita.

Segundo dados epidemiológicos do Sistema de Informação de Agravos de Notificação (Sinan-Net), do Ministério da Saúde, 1.874 casos novos de sífilis adquirida e 984 de sífilis em gestantes foram registrados em Manaus neste ano, até o dia 9/8. Também neste ano, até 25/9, houve o registro de 186 casos de sífilis congênita.

Fotos – Divulgação / Semsa

Post Relacionado

Projeto de Niemeyer para Parque Encontro das Águas receberá ajustes de acessibilidade e complementares

Victória Farias

Prefeitura inicia licenciamento ambiental junto ao Ipaam do parque Gigantes das Florestas

Redação

UBS Móvel da Prefeitura de Manaus atenderá conjunto Cidadão 10 a partir da segunda, 5/6

Patrick da Silva FARIAS