Blitz Amazônico
Prefeitura de Manaus

Prefeitura licencia quase 900 mil metros quadrados em obras e é destaque em ranking nacional

Somando quase 900 mil metros quadrados em área de novos alvarás de construção em 2023, a Prefeitura de Manaus fechou o ano com 789 alvarás emitidos pelo Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb). Foram exatos 891.427,55 metros quadrados com alvarás de construção na capital, que ocupa a nona posição em construção civil/mercado imobiliário no ranking de “Melhores Cidades para Fazer Negócios”, da Urban Systems, publicado na revista “Exame”.

O mês com melhor desempenho em volume de área foi janeiro, quando foram licenciados 119.214,04 metros quadrados e junho foi o mês com maior número de licenças expedidas, com 107 documentos. Ao longo da gestão do prefeito David Almeida foram emitidos 2.865 novos alvarás para a construção e se soma uma área regularizada de mais de 3,6 milhões de metros quadrados.

“Os números do Implurb são muito consistentes e já ultrapassamos mais de 54 mil atendimentos, de maneira on-line a presencial. É uma ação que os servidores do instituto oferecem e desenvolvem para a população da cidade de Manaus. São mais de 3,6 milhões de metros quadrados com alvará na gestão David Almeida, o que tem reflexo na geração de emprego e renda no setor da construção civil”, contabilizou o diretor-presidente da autarquia, engenheiro Carlos Valente.

Outro ponto de destaque é notar que a população está buscando regularizar e licenciar mais suas obras, levando segurança a projetos e edificações. “É muito importante para ter uma cidade mais organizada, mais regularizada, urbanisticamente mais bonita e mais acessível. São sinais de que a população está procurando o licenciamento”, completou Valente.

Em relação aos números de alvarás, de acordo com os parâmetros da Câmara Brasileira da Indústria da Construção Civil (Cbic), a prefeitura impacta na geração de mais de 35 mil empregos diretos e indiretos no “construbusiness” em Manaus, desde obras, serviços e até fornecimento de materiais e insumos. Para este ano, a previsão da entidade é que o setor da construção civil crescerá 1,3%.

Foto – Divulgação / Semcom e Implurb

Post Relacionado

Artistas locais abrem primeira noite do palco Caboquinho e mostram representatividade cultural

Redator

Talento da nova geração da música gospel, Isadora Pompeo fecha última noite do #SouManaus 2023

victoria Farias

Prefeitura libera calçada ocupada por boxe na Praça 14 após demolição administrativa

Victória Farias