Blitz Amazônico
Prefeitura de Manaus

Moura Tapajóz abre 15ª Semana de Enfermagem e Serviço Social

A Maternidade Dr. Moura Tapajóz (MMT), da Prefeitura de Manaus, realizou, nesta terça-feira, 14/5, a abertura da 15ª Semana de Enfermagem e Serviço Social da unidade. A programação segue até a próxima segunda-feira, 20/5, e tem como tema central “Romper ‘bolhas’ no mundo atual para o resistir e o coexistir”.

“A Semana da Enfermagem e Serviço Social é um evento que realizamos, anualmente, não apenas para seguir capacitando nossa equipe e melhorar ainda mais a assistência às gestantes e bebês, mas também para homenagear e celebrar a contribuição tanto de nossos enfermeiros e técnicos de enfermagem quanto de nossos assistentes sociais”, explicou a enfermeira obstetra Núbia Cruz, diretora da unidade.

A diretora destacou que na maternidade, que tem uma equipe multiprofissional, todos têm seu espaço. “Durante esse evento, espero que todos sejam contagiados pelo amor à profissão, pela vontade de ser e fazer cada vez melhor, que vejam que não devemos ficar no automático, nos acomodar, devemos sempre evoluir”, complementou.

Segundo a gerente de Enfermagem da MMT, Everton de Freitas Gomes, este ano o tema central do evento segue o tema da Associação Brasileira de Enfermagem (Aben): “Romper ‘bolhas’ no mundo atual para o resistir e o coexistir”. “Inicialmente focado apenas na área da enfermagem, o tema vai ser ampliado em nosso evento, e vamos, mais uma vez, romper a bolha, incluindo na discussão também outras áreas da Saúde e o Serviço Social”, afirmou o enfermeiro obstetra.

“Em todas as temáticas que serão levantadas, vamos buscar olhares de ângulos distintos sobre a realidade das áreas da saúde e serviço social, indo além da divisão por profissões ou nível de escolaridade e provocando um diálogo inclusivo para refletirmos sobre os dilemas, diversidades e outras questões que, muitas vezes, podem dificultar a coexistência e um trabalho coeso dentro da unidade hospitalar”, destacou Everton.

A chefe da Divisão de Atenção à Saúde da Mulher da Semsa, enfermeira Lúcia Marques de Freitas, ressaltou que a enfermagem e o serviço social são duas categorias importantíssimas que se complementam. “A parceria entre enfermagem e serviço social é imprescindível nos serviços de saúde e cada vez mais temos que nos unir em prol do usuário, estabelecer novas parcerias e vínculos, nos fortalecer, ampliar nossos horizontes com novos estudos, projetos e tecnologias. Temos que sair da bolha”, ressaltou Lúcia.

Iniciando com uma frase de Luís Fernando Veríssimo, “quando a gente acha que tem todas as respostas, vem a vida e muda todas as perguntas”, a assistente social Maria Auxiliadora Barbosa, representante do Conselho Regional de Serviço Social do Amazonas (Cress 15ª Região), ressaltou as batalhas enfrentadas pelas pessoas com deficiência e da importância da luta anticapacitista. ”O termo ‘anticapacitismo’ é novo, mas o preconceito é muito antigo e isso que lutamos para mudar. Precisamos mostrar que pessoas com os mais diversos tipos de deficiência são capazes de grandes feitos, de ter uma família, de trabalhar, de praticar esportes, de ter uma vida social. O preconceito é cruel, porque isola e limita”, afirmou Maria Auxiliadora.

Durante a semana, serão abordados temas como Liberdade Anticapacitista; A atuação do Assistente Social na Saúde e o Trabalho Interdisciplinar; Projeto Nascer: Política e Rotinas da Moura Tapajóz; Acolhimento com Classificação de Risco em Obstetrícia; Sensibilização sobre o Método Canguru; Hemorragia pós-parto: diagnóstico, condutas e desfecho; e Protocolo de Sepse Materna da Maternidade Moura Tapajóz.

Além de todos os temas abordados, na sexta-feira, 17/5, o Serviço de Atendimento às Vítimas de Violência Sexual (Savvis), da Moura Tapajóz, realizará evento especial marcando o dia 18 de maio, Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual contra Crianças e Adolescentes, e também o aniversário de 18 anos do serviço na unidade.

Também participaram da mesa de abertura o representante da Associação Brasileira de Enfermagem, seção Amazonas, e do Fórum de Entidades de Enfermagem do Amazonas, enfermeiro Elton Aleme; a representante do Conselho Regional de Enfermagem do Amazonas, enfermeira Carlem Gonçalves Cabús; e a representante da equipe de Serviço Social da MMT, assistente social Clívia Costa Barroco.

Foto – Divulgação / Semsa

Post Relacionado

Prefeitura intensifica recuperação asfáltica de ruas do Campo Dourado

blitzamazonico

Caminhões de lixo cor de rosa circulam em campanha de conscientização da Prefeitura de Manaus

Victória Farias

Obras de até 750 metros quadrados e 4 pavimentos serão beneficiadas por novo alvará de construção da Prefeitura de Manaus

victoria Farias