Blitz Amazônico
Babados & FamososBabados & Famosos

Ex-amante de Casemiro, Bruna Miller revela perrengues após internação

Depois de ficar três meses internada em uma clínica psiquiátrica no interior de São Paulo, Bruna Miller — que acusou o ex-marido, o jogador do Mirassol Fernandinho, de agressão e afirmou ter sido amante de Casemiro — recebeu alta e está morando com uma irmã em Gravataí, no Rio Grande do Sul.

Em conversa exclusiva com a coluna, ela relatou os perrengues que passou na instituição de saúde, como está sua vida agora e se queixou da falta de assistência e empatia por parte dos pais de seus filhos, Fernandinho e Valdemir Soares, o Val, que joga hoje no Marítimo, em Portugal.

“Estou triste com tudo o que aconteceu. Estou sem suporte financeiro, literalmente desamparada, sem ver meu filho de 4 anos, que se encontra com a avó paterna no Maranhão, e fiquei internada por três meses em uma clínica, completamente dopada, dia e noite”, relatou ela.

Em seguida, Bruna comentou que tinha pouco contato com a família durante a internação: “Eu nunca estive bem na clínica, eu estava pra morrer. Só podia falar com eles uma vez por semana por 10 minutos. Além disso, minhas coisas foram extraviadas quando fui internada e fique lá sem roupa, sem toalha e até sem calcinhas”, detalhou.

“Está reagindo ao tratamento”, diz irmão de Bruna Miller Instagram/Reprodução

Fernandinho, jogador do Mirassol, e a ex-esposa Bruna Miller Maciel - Metrópoles

Fernandinho, jogador do Mirassol, é denunciado pela ex por agressão Arquivo Pessoal

Logo depois, ela recordou os momentos na unidade de saúde: “Foram três meses de muito sofrimento, eu chorei muito na clínica. Saudade dos meus filhos, no meu aniversário não pude receber os ‘parabéns’. Fiquei na expectativa de me buscarem, não me buscaram”, reclamou.

Ela aproveitou para contar que ficou com sequelas da medicação: “Tive travação no maxilar para mastigar. Muitos efeitos colaterais até hoje, muita tremedeira”, disse Bruna, que já passou por outro especialista e trocou os remédios.

Bruna ainda aproveitou para falar o que a levou a ser internada: “Eles disseram que eu estava em surto, mas, na verdade, eu estava passando dificuldades com os pais dos meus filhos, que tinha abandonados os dois sem recurso financeiro. Um dia, simplesmente chegou uma ambulância na minha casa, tomaram o celular da minha mão e me levaram para a clínica”, queixou-se, antes de completar:

“Tive esse surto devido às dificuldades financeiras que estava passando com meus filhos e às traições que descobri por parte do Fernando. Ele que causou tudo isso”, declarou ela.

Após receber alta, atestada pelos responsáveis da clínica [Bruna enviou o documento, mas por conter dados pessoais preferimos não divulgar], Bruna contou que a ex-sogra, mãe do Fernandinho, pediu que uma amiga a buscasse de carro: “Essa amiga me deu um valor em dinheiro e me deixou na rodoviária. Viajei 17 horas de ônibus, sozinha, até chegar à Gravataí. Fiquei com muito medo porque estava sem telefone”, desabafou.

Sem ajuda financeira, Bruna contou que está ficando na casa da irmã com a filha do meio, fruto de seu relacionamento com Valdemir Soares, o Val: “Eu não tinha para onde ir e minha irmã se prontificou a me deixar aqui. Estamos dormindo no sofá, na sala, minha filha está indo para a escola de bicicleta”, pontuou.

E seguiu com seu desabafo: “É a primeira vez que fico sem ter minhas coisas, meu carro, meus filhos perto de mim. A gente se encontra assim. Empatia nenhuma de ambos os pais dos meus filhos para comigo. Mas creio que a Justiça de Deus não vai falhar, ela tarda, mas não falha”.

No fim da conversa, Bruna afirmou que deseja justiça: “Preciso que a justiça seja feita e eu recupere o que me tiraram. O que é meu por direito. E preciso me recuperar dos danos que me causaram”.

O caso com Casemiro

Bruna Miller, que acusou seu ex-marido, o jogador do Mirassol Fernandinho, de agressão, agora voltou às redes sociais afiada. A moça gravou um vídeo para o Instagram no qual afirmou que teve um caso com o atleta da Seleção Brasileira Casemiro, que é casado.

“Na época que comecei meu segundo relacionamento, eu tinha acabado de descobrir que tinha sido enganada, assim como fui nesse relacionamento. Eu conheci o Casemiro, do Real Madrid, olhei o Instagram dele e não tinha nada com ninguém, com nenhuma mulher, ele me disse que era solteiro. Tive um relacionamento com ele até eu descobrir, quando eu já estava em Madrid, que ele, sim, tinha uma pessoa. Porém, ele dizia que estava em processo de divórcio”, começou Bruna.

Em seguida, ela relatou como foi o período em que esteve com o jogador da Seleção Brasileira: “Eu não tinha nem conta na Espanha. Ele abriu uma conta e tal. Quando eu descobri que ele tinha essa pessoa, o dinheiro não falou mais alto. Imediatamente, eu não quis mais encontrar com ele, eu me retirei”, afirmou.

Após contar que uma “amiga” filmou os dois juntos e a estava chantageando, Bruna rebateu as acusações de que estaria expondo os pais de seus filhos por interesse: “Se tem uma coisa que eu não sou é interesseira. Vou mostrar as provas do meu relacionamento com o Casemiro que é um cara, sim, milionário, famoso, joga no maior clube do mundo, na Seleção e tudo”, comentou, ao repetir que terminou com ele após descobrir o casamento e que não é interesseira.

No fim do vídeo, Bruna ainda colocou um suposto comprovante de depósito que Casemiro teria feito para ela. Na parte da tarde, ela havia postado no feed do Instagram o comprovante e apagou em seguida. Já nos stories, ela compartilhou uma conversa que teve com Sinttya Ramos, que também afirma ter sido amante do jogador.

A internação

Após denunciar o ex-marido, o jogador do Mirassol, Fernando Marques, Fernandinho, por agressão e revelar que teve um caso com Casemiro, Bruna Miller teve um surto, no início de agosto, e precisou ser internada em uma clínica. A informação foi confirmada pelo irmão da moça, Carlos Pedro, conversou com a coluna, com exclusividade, e deu detalhes sobre seu estado de saúde.

De acordo com o rapaz, após ter uma crise em casa, Bruna pediu ajuda e foi levada para uma unidade de saúde. Mas ela não poderá ficar no primeiro local onde foi internada porque ela teve um surto.

“Tudo começou quando a Bruna fez uma live e saiu de casa. Em seguida, uma pastora da igreja que ela frequenta chegou lá, conversou com ela e a ajudou. No momento em que o pessoal da clínica chegou, ela estava com o vestido de casamento dela. E foi para a unidade de saúde com ele”, começou Pedro.

Em seguida, o irmão falou sobre o diagnóstico de Bruna: “Ela tem transtorno bipolar afetivo e depressão. Nesses episódios, ela teve um surto psicótico. Por isso, ela foi levada, de boa vontade, para uma clínica em São Paulo e, aos chegar lá, teve outro surto e falou que queria ir embora. Ela fez uma rebelião lá dentro com outras meninas e elas começaram a quebrar tudo. Por isso, precisaram ser transferidas para outra clínica”, detalhou.

E continuou: “Então, ela está em surto psicótico porque ela tem esse transtorno, que é um sério problema psicológico e ela não tem feito o tratamento. Por isso ela está assim. Eu até marquei terapia pra ela na segunda-feira (7/8), mas ela não compareceu. E eu tô longe, não tenho como ter um contato mais próximo a ela. Eu faço o que eu posso por telefone”, desabafou ele.

Ainda durante o bate-papo, Carlos contou que Bruna foi transferida para outra clínica, que tem uma estrutura melhor para oferecer os cuidados que ela precisa. O irmão contou, ainda, que Fernandinho, por enquanto, está dando apoio para a ex-mulher.

Pedro revelou, também, que ficará uma semana sem ter contato com Bruna: “Ela foi medicada e a gente só vai conseguir falar com ela, por videochamada, daqui há uma semana. E, pessoalmente, só daqui há um mês”, afirmou.

O tio contou que os dois filhos de Bruna estão com Fernandinho. E que a menina, de 5 anos, vai ficar com o pai, o jogador Val, em Portugal, em breve. Como irmão de Bruna, Pedro lamentou a situação em que ela se encontra e disse que tiveram uma infância complicada.

“É triste, mas fazer o quê. É família, a gente tem que ajudar, ela é minha irmã. E ela é uma pessoa maravilhosa, ela é muito legal, carinhosa, amorosa. A gente tem uma história de vida muito difícil. Nossos pais brigavam muito. O nosso pai era alcoólatra, quebrava toda a casa, batia na mãe. Então, muito do que a Bruna tem agora, esse surto, é por conta da nossa história”.

E seguiu: “Não é fácil, as pessoas só percebem quando a outra está em surto, mas não sabe da história de vida que a gente tem. O cuidado com a saúde mental é fundamental. O mal do século é o descuido com nossa saúde mental, infelizmente”, comentou.

Logo depois da internação, Pedro Carlos fez um desabafo sobre o descaso com a irmã e depois relatou que o ex-cunhado disse que ia ajudar a irmã.

*Metrópoles

Post Relacionado

Juliana Bonde surge de pernas abertas usando peça fininha e famoso surpreende com comentário

Shayenne

Luana Piovani pede desculpas a Maíra Cardi após polêmica com traições

Shayenne

Atriz de ‘Vai na Fé’ é internada e publica imagem no hospital

blitzamazonico