Blitz Amazônico
Saúde

Dezembro Vermelho: Oficina encerra programação da campanha na prevenção ao HIV/Aids no Amazonas

A programação da campanha Dezembro Vermelho, que destaca a prevenção ao HIV/Aids encerrou, nesta sexta-feira (22/12), com realização da Oficina Aliança LGBTI+ Multiplicadores da Prevenção Combinada do HIV/Aids, na Escola Superior de Tecnologia da Universidade do Estado do Amazonas (UEA), em Manaus. Palestras, rodas de conversas, testagens e rápidas e atividades de educação em saúde também integraram a campanha ao longo do mês.

Nesta sexta-feira (22/12), a oficina foi coordenada pela Aliança Nacional LGBTI+, uma Organização da Sociedade Civil, e tem, entre os apoiadores do evento, a Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas – Drª Rosemary Costa Pinto (FVS-RCP), da Secretaria de Estado de Saúde do Amazonas.

Além da FVS-RCP, entre os participantes da atividade estão a Fundação de Medicina Tropical – Heitor Vieira Dourado, Pró-Reitoria de Extensão e assuntos comunitários da UEA, Centro de Acolhimento LGBTI+ Casa Miga, Fórum das Organizações da Sociedade Civil Aids do Amazonas e o Projeto ImPrep (iniciativa voltada para a implantação da profilaxia pré-exposição ao HIV como política pública).

O objetivo da oficina é a capacitação de multiplicadores para atuar na prevenção combinada do HIV dentro de suas comunidades. A diretora-presidente da FVS-RCP, Tatyana Amorim, destacou que a ação humanizada facilita a informação para as pessoas aderirem ao tratamento. “A capacitação desses atores também envolve o apoio e a compreensão em relação às pessoas vivendo com HIV/AIDS. Dessa forma, promovendo a adesão ao tratamento e melhorando sua qualidade de vida”, disse a presidente Tatyana.

“Falar de prevenção combinada, envolve todos nós que levamos essas informações para as comunidades. A gente convidou os facilitadores para que pudessem falar e mostrar caminhos para que a prevenção combinada do HIV/Aids e as outras IST’s seja levada para as comunidades“, disse Gabriel Mota, representante da Aliança LBGTI+ no Amazonas.

Instituto ID+ Amazonas

Também nesta sexta-feira (22/12), foi inaugurado o Instituto ID+ Amazonas, sede do Instituto da Diversidade LGBTQIA+ do Amazonas, em Manaus. A FVS-RCP também participou da iniciativa. A presidente do Instituto, Bruna La Close, destacou que o momento compõe a “realização de um sonho”. “É um grande sonho que estamos realizando, porque nós vamos poder acolher a nossa população, atender às dificuldades e às demandas da nossa população LGBT e da população em geral”, disse Bruna.

Segundo Bruna, o local será a sede de realização de cursos de qualificação profissional, atendimento jurídico, psicológico, de serviço social. “O futuro é crescer mais, acolher mais e atender mais pessoas. Seremos sim referência no estado do Amazonas”, acrescentou a presidente do instituto.

Dezembro Vermelho

A campanha Dezembro Vermelho também incluiu palestras sobre prevenção combinada, prevenção à violência contra a mulher, à violência obstétrica, hepatites virais, tuberculose, além de testagem rápida para HIV, sífilis e hepatites.

Entre as ações desenvolvidas ao longo da campanha Dezembro Vermelho, de prevenção ao HIV/Aids, estão: o lançamento da iniciativa, no dia 1º de dezembro, em Manaus, com ações de testagens rápidas e educação em saúde da FVS-RCP em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde de Manaus e Organizações da Sociedade Civil, como o Fórum Amazonas de Organização da Sociedade Civil, Infecção Sexualmente Transmissível, HIV/Aids, Hepatites virais e tuberculose.

Em 5 de dezembro, houve ação de prevenção combinada em Rio Preto da Eva. Nos dias 6 e 7 de dezembro, a mesma iniciativa foi realizada em Borba. Ainda no dia 7, também foram realizadas oficinas de prevenção combinada na sede da Associação de Travestis, Transexuais e Transgêneros do Estado do Amazonas (Assotram) e da Casa Miga, em Manaus.

No dia 9 de dezembro, foi realizada a ação de educação em saúde da Associação de Redução de Danos do Amazonas (Ardam) em parceria com a Casa Miga e o Instituto de Desenvolvimento Comunitário Viver Melhor (Idecovim) na primeira etapa do residencial Viver Melhor, na zona norte de Manaus.

No dia 13, foi realizada oficina de prevenção combinada na zona leste da capital. Já no dia 15 de dezembro, a Casa Miga realizou uma roda de conversa sobre prevenção combinada na Associação de Moradores do bairro Terra Nova, zona norte da capital.

Em 16 de dezembro, foi realizada ação de prevenção combinada, com roda de conversa, na ação “Shock Cultural” em Presidente Figueiredo. Nos dias 18 e 19 de dezembro, foi realizado o workshop Panorama e Expectativas sobre HIV/Aids “O que temos e o que queremos?”, na Fundação de Medicina Tropical – Heitor Vieira Dourado.

Ainda nesta sexta-feira (22/12), tem distribuição de preservativos no Shopping Phelippe Daou, na zona leste de Manaus.

FOTOS: Anne Alves/FVS-RCP, Maíra Pessoa/FVS-RCP, Divulgação/FVS-RCP, Divulgação/OSCs

Post Relacionado

Informe atualiza cenário de Rabdomiólise por Doença de Haff nesta quarta-feira

EDI FARIAS

Melhora da autoestima é um dos efeitos da cirurgia plástica do nariz, afirmam especialistas

Patrick da Silva FARIAS

Com apoio do Governo do AM, estudo de iniciação científica avalia estado nutricional e imunológico de pacientes oncológicos 

EDI FARIAS