Blitz Amazônico
Manaus

Com 70% de obra já executada, implantação de sistema de esgoto na Av. Constantino Nery avança para novos trechos

Intervenções vão se concentrar entre Leonardo Malcher e Álvaro Maia, nos períodos diurno e noturno; obras iniciam no sábado (11).

As obras de expansão de rede de esgotamento sanitário seguem na Avenida Constantino Nery. O trabalho, que iniciou em março, já tem 70% de conclusão. A partir deste sábado (11) à noite, as equipes da Águas de Manaus iniciam os trabalhos em um novo trecho.

No sentido Centro/bairro, as frentes de obra para implantação de redes coletoras vão se concentrar entre a rua Leonardo Malcher e a Av. Álvaro Maia, iniciando nas proximidades do hotel Mônaco. Neste primeiro dia, o serviço segue das 20h às 5h do domingo.

Os trabalhos serão retomados na segunda-feira (13), às 20h, quando a concessionária inicia também uma intervenção no sentido bairro/Centro, na saída da rua Arthur Bernardes, nas proximidades da passagem de nível do São Jorge.

A partir de segunda-feira, as obras vão ocorrer durante o dia e à noite, com intervalos diários de três a quatro horas nos períodos de maior pico no trânsito: no sentido bairro/Centro, o serviço será interrompido sempre das 5h às 9h e, no Centro/bairro, o trabalho é paralisado entre 16h e 19h.

Durante as obras, a via será interditada parcialmente. Para isto, equipes do Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU) irão sinalizar a via e orientar os motoristas.

O esgoto coletado na região será tratado na Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) do bairro Educandos. “Estamos também com equipes de conscientização, que tirarão as dúvidas dos moradores e comerciantes da área. É um trabalho integrado e focado na transformação de Manaus por meio do saneamento básico. Uma cidade conectada à rede de esgoto é uma cidade com recursos hídricos preservados e com bons indicadores de saúde”, destaca o gerente de Projetos da concessionária, Jean Damaceno.

Trata Bem Manaus

Lançado em fevereiro deste ano, o programa Trata Bem Manaus vai garantir a universalização dos serviços de coleta e tratamento de esgoto da cidade em menos de dez anos. Para isso, a Águas de Manaus fará a implantação de mais de 2,7 milhões de metros de redes coletoras de esgoto nos próximos anos, além de obras de implantação e ampliação de pelo menos 70 Estações de Tratamento de Esgoto (ETE’s), espalhadas por todas as zonas da cidade.

Para este ano, está prevista a implantação de mais de 200 quilômetros de rede coletoras em frentes de obra espalhadas por toda cidade.

Post Relacionado

VÍDEO: Casa fica destruída durante incêndio em Manaus

VICTORIA LOUZADA

Água Viva, Mundo Vivo: Exposição em shopping reforça a importância da água para a vida

blitzamazonico

Avião volta para Manaus após não conseguir pousar no Pará por conta da fumaça

VICTORIA LOUZADA