Blitz Amazônico
Amazonas

Arsepam registra fluxo superior a 19.600 passageiros na última operação em 2023

Em sua última operação de 2023, a Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados e Contratados do Amazonas (Arsepam) registrou o fluxo de 19.611 passageiros nos transportes intermunicipais, no período de 29 de dezembro a 1º de janeiro deste ano. A Operação Ano Novo totalizou 667 fiscalizações, sendo 375 no modal rodoviário e 292 no hidroviário. Durante a ação não ocorreram incidentes envolvendo os serviços intermunicipais.

O diretor-presidente da Arsepam, João Rufino Júnior, comentou que o resultado da última operação ficou próximo ao estimado inicialmente. Ele afirmou que não ocorreram acidentes, sendo assim alcançado o objetivo da Arsepam em aumentar a segurança dos passageiros nos transportes intermunicipais.

Para intensificar as fiscalizações, a Agência Reguladora contou com o apoio do Batalhão de Policiamento de Trânsito (BPTran), da Polícia Militar do Amazonas (PMAM); da Superintendência Estadual de Navegação, Portos e Hidrovias (SNPH); e do Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM).

Rodoviário

No transporte rodoviário intermunicipal, 6.701 pessoas usaram o serviço para chegar a Manaus ou acessar outros municípios do estado. O posto com maior saída foi o Terminal Rodoviário Engenheiro Huascar Angelim – Rodoviária de Manaus, no bairro Flores, zona centro-sul da capital, com 4.016 passageiros, representando 20,47% do total de usuários da operação.

Em segundo lugar o posto da Ponte Jornalista Phelippe Daou (Ponte Rio Negro), em Iranduba (a 27 quilômetros de Manaus), com 1.720 passageiros; em terceiro a Barreira de Fiscalização Estadual (AM-010 e BR-174), bairro Santa Etelvina, zona norte, com 885; o Terminal Rodoviário de Itacoatiara (a 176 quilômetros de Manaus), com 80. A Barreira de Fiscalização Estadual da Avenida das Flores, bairro Lago Azul (entrada do conjunto residencial Viver Melhor 1), zona norte da capital, não teve a saída de veículos intermunicipais regulados pela Arsepam.

As linhas mais procuradas nos dias de operação foram Iranduba (1° – 1.112), Itacoatiara (2º – 1.033) e Manaus (3º – 865).

Hidroviário

Na Operação Ano Novo, 12.910 pessoas usaram embarcações como lancha rápida, barco motor, navio motor, expresso ou a jato, balsa (ferry boat) e catamarã.

No campo de atuação da Arsepam, o posto com maior saída foi o Porto da Ceasa, na zona centro-sul, com 9.181 passageiros, representando 46,81% do total de usuários da operação. Pelo Porto de Manaus/Manaus Moderna, os fiscais registraram a saída de 3.729 pessoas.

No modal hidroviário intermunicipal, os municípios mais procurados foram Careiro da Várzea (1° – 9.181 passageiros), Maués (2° – 687) e Parintins (3° – 534), respectivamente distantes 25, 276 e 369 quilômetros de Manaus.

FOTOS: Arsepam/Divulgação

Post Relacionado

Seca histórica: planos de ação evitaram desabastecimento em decorrência da estiagem em Manaus

victoria Farias

Procon/AM orienta consumidores para as compras da Semana Santa 

EDI FARIAS

Amazonas: 174 médicos selecionados no primeiro edital de 2023 já estão em atividade

Patrick da Silva FARIAS